Companhia aérea obriga mulher a fazer teste de gravidez antes do voo

Midori Nishida, 25 anos, foi escoltada até um banheiro público no aeroporto de Hong Kong. No local, pediram-lhe que urinasse para fazer o teste de gravidez. Essa foi a condição imposta pela companhia aérea para que a moça embarcasse para uma ilha do Pacífico (Saipan), onde muitas mães viajam buscando a nacionalidade americana para seus filhos.

Em um questionário, Nichida já havia declarado não estar grávida. Ainda assim, os funcionários da empresa lhe pediram que se submetesse a uma avaliação “apta para voar”, criada para mulheres com tamanho corporal, ou forma similar à de uma grávida.

Publicidade

O resultado do teste deu negativo. “Foi muito humilhante e frustrante”, disse Nishida ao “Wall Street Journal”.

A jovem cresceu em Saipan, uma ilha onde sua família viveu por mais de 20 anos. A empresa pediu desculpas a Nishida e disse à AFP que a prática foi interrompida.

A Hong Kong Express explicou que toma “medidas em voos para Saipan desde fevereiro de 2019 como forma de ajudar a garantir que as leis de migração americanas não fossem minadas

Publicidade

Saipan é um destino popular para as mulheres que desejam dar à luz em solo americano para garantir esta cidadania para seus filhos.

Publicidade

Siga

168,413FãsCurtir
6,743SeguidoresSeguir
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Não Perca

Projetada nova linha intermunicipal de transporte público entre Itupeva e Jundiaí

Atendendo a uma demanda antiga, iniciada pelo Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) de Itupeva, em benefício dos usuários do transporte público intermunicipal,...

Bolsonaro diz que Brasil foi um dos países que melhor enfrentou a pandemia

Mesmo no exato momento em que o Brasil registra mais de 116 mil mortes pela Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro afirmou na...

Miss Jundiaí faz campanha para ajudar famílias em vulnerabilidade social

Com a chegada da pandemia de Covid-19 em março deste ano, a estudante de psicologia Daniele Daros, de 22 anos, não pode...

Com mais de 10 dias sem mortes por Covid-19, Jarinu e Cabreúva registram queda de óbitos

As cidades de Jarinu e Cabreúva têm registrado queda significativa no número de novos casos de Covid-19 e, principalmente, no de óbitos...

Jundiaí tem mais de 90% do infectados pela Covid-19 recuperados da doença

Segundo o painel de monitoramento do coronavírus da Prefeitura de Jundiaí, dos 9.940 casos confirmados de Covid-19 na cidade, até quarta-feira (26),...
PUBLICIDADE