Connect with us

Jundiaí

Em Jundiaí, flanelinha aluga vaga de deficiente com cartão

Fato está acontecendo em frente ao Hospital Paulo Sacramento, e foi denunciado ao Jundiaí Notícias
A informação é de que o fato é comum. Em frente ao Hospital Paulo Sacramento há uma grande área de estacionamento, cujas vagas são disputadas por quem vem para consulta, ou para visita a pacientes ali internados. Como onde há muitos carros sempre há um flanelinha, lá não é diferente.
Mas o flanelinha é diferente. Ele tem um cartão de vaga especial para deficiente. Quando alguém quer estacionar e não encontra vaga, o flanelinha oferece a vaga de deficiente e fornece o cartão do estacionamento, o que é crime. E é evidente que essa “prestação de serviços” não sai de graça.
Indagado sobre o fato – sim, ele foi pego em flagrante por gente que queria estacionar – se algum deficiente chegasse e encontrasse a vaga ocupada, o flanelinha foi cara-de-pau: é só aguardar uma vaga. Há suspeita que o flanelinha esperto tenha também um cartão de vaga para idoso.
O desrespeito às vagas especiais não acontece somente em frente ao Paulo Sacramento. Isso pode ser visto diariamente nos estacionamentos de bancos e supermercados – nas ruas os espertinhos têm mais medo, pois os amarelinhos multam.
Recentemente, a Secretaria de Transportes promoveu campanha para que os motoristas respeitem essas vagas. No Centro, colocou uma cadeira de rodas numa vaga comum, mostrando aos motoristas como um deficiente se sente quando encontra sua vaga ocupada irregularmente.
A Coopercica do Eloy Chaves foi mais radical. Além de demarcar as vagas no solo, mandou construir uma base com uma haste e uma placa, que foi colocada nas vagas especiais, citando número de leis e o aviso sobre as vagas. O motorista não tem como deixar de ler o alerta, mas mesmo assim os espertinhos continuam invadindo essas vagas.
As desculpas são sempre as mesmas – não tenho onde estacionar, ou a melhor: são só uns minutinhos. O problema é que os minutinhos acabam se transformando em horas. Na Capital, um programa de TV esperou que o espertinho colocasse o carro numa vaga especial. Após isso, um deficiente estacionou seu carro atrás do espertinho, trancando sua saída.
Quando voltou, queria sair, mas foi impedido pelo carro do outro motorista, que voltou com sua cadeira de rodas e ainda, por gozação, pediu desculpas por ter atrapalhado o infrator. E o cara-de-pau ainda ficou bravo porque estava atrasado.
Como diz a denúncia checada (e confirmada) ao Jundiaí Notícias, “parabéns a todos que se utilizam de tal artifício! Vocês têm o país que merecem! Quanto a nós, continuemos fazendo o bem, sem olhar a quem”.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo aparece em vídeos de slime do YouTube Kids e ensina as crianças a se suicidarem

Geral

Dona de casa evangélica invade igreja católica e quebra quadros e imagens de santos

Geral

Bombeiros quebram vidros de carro estacionado em frente a hidrante para passar mangueira

Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão em caso Maria do Rosário

Geral

© 2019 Cruz de Malta Editores Associados | Novo Dia Notícias: Auditado pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo - ADJORI/SP. Filiado à Associação Nacional de Jornais - ANJ
Atibaia, Cabreúva, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Indaiatuba, Itatiba, Itu, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Salto, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo

Connect