Connect with us

Cassio Gusson

Novo presidente do Bacen cita blockchain em seu discurso de posse

O novo presidente do Banco Central do Brasil (Bacen) Roberto Campos Neto tomou posse nesta quarta-feira, 13 de março, em Brasília, e durante seu discurso destacou que pretende intensificar o desenvolvimento de aplicações envolvendo novas tecnologias dentro da instituição, entre elas, a blockchain.

Campos Neto destacou a blockchain como importante na área de pagamentos instantâneos, open banking e centrais de garantia.

“NESSE SENTIDO É IMPORTANTE REDUZIR OS CUSTOS OPERACIONAIS E BUROCRÁTICOS E FACILITAR A ENTRADA DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS E DE INVESTIDORES ESTRANGEIROS. PARA GARANTIRMOS A INSERÇÃO DO PAÍS NO MERCADO INTERNACIONAL, É PRECISO, ATRAVÉS DE UMA AGENDA DE SIMPLIFICAÇÃO, FOMENTAR A DISPONIBILIZAÇÃO DE FERRAMENTAS DE HEDGE CAMBIAL VOLTADAS A INVESTIMENTOS DE MAIS LONGO PRAZO”, AVALIOU.

Alem disso, o novo presidente frisou a importância do Banco Central em avançar em outras pautas, antevendo uma mudança no papel da instituição.

“PRECISAMOS AGORA AVANÇAR EM OUTRAS DIMENSÕES, FUNDAMENTAIS PARA O DESENVOLVIMENTO PLENO DO MERCADO FINANCEIRO BRASILEIRO E, EM COLABORAÇÃO COM OUTROS ÓRGÃOS DE GOVERNO, DAR UM FOCO ESPECIAL NO MERCADO DE CAPITAIS”, AFIRMOU.

Com mostra o jornal Estado de São Paulo, Campos Neto elencou também um conjunto de medidas que ele pretende tomar para ampliar o mercado de capitais no país. Em termos de inclusão, ele citou o fomento ao uso de soluções financeiras promovidas por fintechs e o fortalecimento de programas de microcrédito, além do estímulo ao cooperativismo.

Como mostrou o Criptomoedas Fácil, antes mesmo de sua posse, o novo presidente já vinha defendendo a importância do ecossistema cripto/blockchain e, em sua carta enviada ao Senado, antes da sua aprovação, afirmou que vinha estudando a tecnologia.

“Tenho estudado e me dedicado intensamente ao desenho de como será o sistema financeiro do futuro. Participei de estudos sore blockchain e ativos digitais. Uma das contribuições que espero trazer para o Banco Central é preparar a instituição para o mercado futuro, em que as tecnologias avançam de forma exponencial, gerando transformações mais aceleradas”, afirmou na carta que encaminhou ao Senado.

Integrando a nova equipe do Banco Central também esta o Diretor de 
Organização do Sistema Financeiro João Manoel Pinho de Mello que também tem frisado a importância da blockchain e destacou que tanto a cadeia de blocos, como inteligência artificial, identidade digital, pagamentos instantâneos e open banking “estão alterando os modelos de negócios e os serviços financeiros”.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo aparece em vídeos de slime do YouTube Kids e ensina as crianças a se suicidarem

Geral

Dona de casa evangélica invade igreja católica e quebra quadros e imagens de santos

Geral

Bombeiros quebram vidros de carro estacionado em frente a hidrante para passar mangueira

Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão em caso Maria do Rosário

Geral

© 2019 Cruz de Malta Editores Associados | Novo Dia Notícias: Auditado pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo - ADJORI/SP. Filiado à Associação Nacional de Jornais - ANJ
Atibaia, Cabreúva, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Indaiatuba, Itatiba, Itu, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Salto, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo

Connect