Connect with us

Várzea Paulista

GCM simula enfrentamento de manifestações violentas

Corporação recebe treinamento com uso de equipamentos reais, como bombas de gás lacrimogênio e de efeito moral

A GCM (Guarda Civil Municipal) de Várzea Paulista participou de simulação de enfrentamento a distúrbio civil, na semana passada, realizado pela corporação de Jundiaí. A ocorrência real simulada foi uma manifestação contra lei e a ordem, realizada de maneira agressiva.

A GCM de Jundiaí separou guardas varzinos entre manifestantes e componentes da tropa de choque, que precisou conter os mais violentos com escudos, cassetetes, capacetes e uso de munições, como bombas de efeito moral e gás lacrimogênio. “Treinamento evita sangramento. Guardas mais bem preparados evitam danos maiores para os guardas e a população”, diz o comandante da GCM varzina, Pedro Eli da Cunha.

Durante o treinamento, 22 guardas varzinos, protegidos, revezaram momentos de formação mais defensiva e avanço contra os que faziam papel de manifestantes, que arremessavam tocos e pedras contra a tropa de choque. Além das bombas de efeito moral (provocam apenas ruído) e gás lacrimogênio, foram utilizados, elastômero (bala de borracha) e munições de gás de pimenta.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo aparece em vídeos de slime do YouTube Kids e ensina as crianças a se suicidarem

Geral

Dona de casa evangélica invade igreja católica e quebra quadros e imagens de santos

Geral

Bombeiros quebram vidros de carro estacionado em frente a hidrante para passar mangueira

Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão em caso Maria do Rosário

Geral

© 2019 Cruz de Malta Editores Associados | Novo Dia Notícias: Auditado pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo - ADJORI/SP. Filiado à Associação Nacional de Jornais - ANJ
Atibaia, Cabreúva, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Indaiatuba, Itatiba, Itu, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Salto, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo

Connect