Connect with us
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({ google_ad_client: "ca-pub-2913080483495928", enable_page_level_ads: true });

Várzea Paulista

Prefeito enfrenta empresa de ônibus e nega o aumento pedido

Rápido Sumaré (uma extensão da Rápido Luxo Campinas) responde pelo transporte urbano e chegou a pedir tarifa de quase R$ 8

Desde agosto de 2017, a Rápido Sumaré (do grupo da Rápido Luxo Campinas, assim como a Capellini) é responsável pelo transporte urbano em Várzea Paulista no regime de concessão. Ganhou uma concorrência e assumiu o serviço, com tarifa de R$ 3,49. São seis linhas que transportam mensalmente quase 30 mil passageiros.

Em setembro passado, em tese, deveria haver um reajuste – ou atualização da tarifa. Mas só em outubro a Rápido Sumaré fez o pedido oficial à prefeitura. E foi morrendo de sede ao pote: queria que a passagem passasse a custar R$ 7,75. O prefeito Juvenal Rossi negou. Alguns mais próximos do prefeito disseram na época que ele nem chegou a levar a sério tal proposta da empresa.

A Rápido Sumaré fez então outro pedido, que já estaria protocolado na prefeitura, para que a tarifa fosse elevada para R$ 4,50. Como ninguém fala sobre o assunto, o Novo Dia conseguiu uma cópia da planilha de custos apresentada pela empresa – algo surreal.

A empresa teria sugerido que a prefeitura subsidiasse o transporte (cobrisse a diferença, alegando prejuízos), o que também teria sido negado. A empresa também teria se justificado, afirmando que em razão do desemprego o número de passageiros diminuiu nos últimos meses.

Mas a Rápido Sumaré esqueceu o principal: ela concorre diretamente com outra empresa do grupo, a Rápido Luxo Campinas. Ônibus que partem de Campo Limpo e passam por Várzea apanham passageiros que, em tese, seriam da Sumaré. Assim, quem sai da Chácara São Guido e quer ir para a Vila Santa Terezinha – ambos bairros de Várzea – pode usar a Rápido Luxo e não a Sumaré.

Na prefeitura não há nada oficial. Mas o Novo Dia conseguiu a informação que Juvenal deverá autorizar reajuste na tarifa. Não os R$ 4,50 pedidos pela empresa, e sim R$ 3,99, com base na inflação acumulada nesse tempo. Bem menos do que os R$ 8 pedidos inicialmente. A metade.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo aparece em vídeos de slime do YouTube Kids e ensina as crianças a se suicidarem

Geral

Dona de casa evangélica invade igreja católica e quebra quadros e imagens de santos

Geral

Bombeiros quebram vidros de carro estacionado em frente a hidrante para passar mangueira

Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão em caso Maria do Rosário

Geral

© 2019 Cruz de Malta Editores Associados | Novo Dia Notícias: Auditado pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo - ADJORI/SP. Filiado à Associação Nacional de Jornais - ANJ
Atibaia, Cabreúva, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Indaiatuba, Itatiba, Itu, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Salto, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo

Connect