Connect with us
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({ google_ad_client: "ca-pub-2913080483495928", enable_page_level_ads: true });

Várzea Paulista

Porto seco trará benefícios a Várzea Paulista

Projeto que altera Plano Diretor para fomentar esse e outros investimentos industriais foi aprovado na Câmara

Uma gigante da logística já tem espaço preparado para receber um porto seco, no bairro Ponte Seca, em Várzea Paulista. O serviço de recebimento de cargas industriais do Sul de Minas Gerais e do interior de São Paulo e escoamento em trens até o Porto de Santos aumentará a arrecadação e gerará cerca de 50 novos empregos de logística.

Segundo o responsável pelo Desenvolvimento Econômico, Marco Bueno, a prefeitura, em razão dos benefícios à cidade, pediu apoio ao Governo Federal para que a empresa conseguisse a liberação da construção dos trilhos no terreno.

Para que essa empresa possa colocar o porto seco para funcionar, é necessário que ela tenha autorização legal. De acordo com o Plano Diretor, todo empreendimento industrial precisa reservar um espaço, dentro de seu próprio terreno, para a prefeitura construir uma escola ou outro equipamento de interesse público. É a chamada área institucional.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo aparece em vídeos de slime do YouTube Kids e ensina as crianças a se suicidarem

Geral

Dona de casa evangélica invade igreja católica e quebra quadros e imagens de santos

Geral

Bombeiros quebram vidros de carro estacionado em frente a hidrante para passar mangueira

Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão em caso Maria do Rosário

Geral

© 2019 Cruz de Malta Editores Associados | Novo Dia Notícias: Auditado pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo - ADJORI/SP. Filiado à Associação Nacional de Jornais - ANJ
Atibaia, Cabreúva, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Indaiatuba, Itatiba, Itu, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Salto, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo

Connect