Connect with us

Geral

Veja quais foram as palavras que marcaram o ano de 2019

A inciativa de eleger quais foram as palavras que mais marcaram o ano foi do Dicio, maior dicionário online da Língua Portuguesa. Conheça quais palavras representaram o ano de 2019:

Fake News

O termo Fake News que, segundo o dicionário Merriam-Webster, começou a ser usado no final do século XIX, chegou com força total no Brasil em 2019. Definido como notícias falsas compartilhadas como verdadeiras, tem seu sentido vinculado especialmente a contextos políticos.

Buraco Negro

Pela primeira vez na história, a imagem de um buraco negro foi revelada em 2019. Ela traz um enorme círculo negro no centro de uma galáxia. Cientistas comemoraram este feito pela sua extrema dificuldade, pois o campo gravitacional de um buraco negro atrai para o seu interior tudo o que está à sua volta. Genial, não?

Burnout

2019 também foi um ano muito cansativo para muita gente, especialmente para quem trabalhou em excesso. A Síndrome de Burnout, ou simplesmente Burnout, é definida como um distúrbio psíquico ocasionado pelo excesso de trabalho, que pode levar à exaustão extrema, estresse generalizado e esgotamento físico.

Sextou

Sexta-feira chegou! É hora de sextar? 2019 foi o ano em que sextar foi muito usado e parece que veio para ficar. Sextar é uma palavra nova muito utilizada em contextos informais para anunciar o início do final de semana ou a chegada da sexta-feira, normalmente com sentido carregado de empolgação e de felicidade.

Amazônia

A Floresta Amazônica esteve no centro de diversas polêmicas durante o ano de 2019, especialmente pelo aumento de focos de incêndio. A Amazônia, maior floresta tropical do mundo, que se estende por 9 países sul-americanos, e tem a maior bacia hidrelétrica do planeta, tem sido alvo de ataques constantes, o que a deixa sempre em evidência.

Obesidade

2019 trouxe a notícia de que os brasileiros atingiram o maior índice de obesidade dos últimos treze anos. Segundo uma pesquisa feita pelo Ministério da Saúde, o número de obesos no país aumentou 67,8%. A obesidade se define pelo acúmulo anormal de tecido adiposo no organismo de um indivíduo, e consequente aumento de peso.

Lacrar

Fechar uma carta com lacre ou arrasar? Os dois sentidos são possíveis usando o verbo lacrar. Em 2019, algumas pessoas lacraram cartas, outras discussões. Lacrar, como gíria, indica que alguém arrasou, saiu-se bem, ou fechou uma discussão sem deixar opções para respostas.

Incêndio

A palavra incêndio apareceu em variadas circunstâncias este ano, não só para se referir à Amazônia, mas também para marcar dois acontecimentos trágicos: o incêndio na Catedral de Notre-Dame, em Paris, e o fogo que conflagrou o Alojamento do Flamengo, no Rio de Janeiro, este último deixando 10 mortos.

Barragem

Barragem é uma estrutura de terra construída para armazenar rejeitos ou resíduos provenientes da mineração. Em 2019, o rompimento da barragem de Brumadinho, Minas Gerais, foi considerado um dos maiores desastres ambientais do país, com centenas de mortes, o que deu origem a uma comoção nacional na tentativa de ajudar os sobreviventes.

Biscoiteiro

Em 2019, o biscoiteiro deixou de ser aquele que faz biscoitos, e passou a designar também aquele que quer biscoitos, quer atenção. A gíria deriva do verbo biscoitar e define aquela pessoa que faz tudo para aparecer, para receber elogios ou curtidas em postagens nas redes sociais. Também pode ser usada no feminino, biscoiteira, com o mesmo sentido.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo aparece em vídeos de slime do YouTube Kids e ensina as crianças a se suicidarem

Geral

Dona de casa evangélica invade igreja católica e quebra quadros e imagens de santos

Geral

Bombeiros quebram vidros de carro estacionado em frente a hidrante para passar mangueira

Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão em caso Maria do Rosário

Geral

© 2019 Cruz de Malta Editores Associados | Novo Dia Notícias: Auditado pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo - ADJORI/SP. Filiado à Associação Nacional de Jornais - ANJ
Atibaia, Cabreúva, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Indaiatuba, Itatiba, Itu, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Salto, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo

Connect