Connect with us

Indaiatuba

Cai liminar que suspendeu concorrência dos ônibus

Rápido Sumaré, que era concessionária do transporte coletivo, não cumpria o contrato e brigou na Justiça para continuar no negócio. Perdeu

Uma decisão do ministro João Otávio de Noronha, presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), derrubou a liminar que suspendeu a concorrência pública para a concessão do transporte coletivo na cidade. A concorrência estava suspensa desde agosto do ano passado, por um acórdão do Tribunal de Justiça de São Paulo. Diante da decisão, a prefeitura publicou na semana passada o comunicado para que a empresa Sancetur – Santa Cecília Turismo – assine o Termo de Aditamento ao Contrato e deu prazo de 15 dias para a apresentação do Plano de Mobilização para o início da operação.

Na decisão, o ministro reforça que em razão de diversas ações e decisões judicias, a prefeitura vem sendo impedida de dar prosseguimento às concorrências e sendo obrigada a realizar contratações emergenciais para dar continuidade à prestação de um serviço público que é essencial à população.

Em outubro de 2017 a prefeitura de Indaiatuba declarou a caducidade e rescindiu o contrato de concessão do serviço público de transporte coletivo de passageiros, que era operado pela empresa Rápido Sumaté. A decisão seguiu o parecer do órgão jurídico da prefeitura, após uma análise jurídico-técnica minuciosa que seguiu todos os trâmites legais e respeitou o amplo direito de defesa da empresa, e teve como base o descumprimento do contrato por parte da concessionária.

Um decreto documentou a decisão e estabeleceu o dia 1º de dezembro de 2017 para a retomada do serviço pela administração municipal, mas a direção da Rápido Sumaré, que integra o grupo VB Transportes, entrou na Justiça com um Mandado de Segurança e conseguiu medida liminar para se manter na prestação do serviço até que o processo fosse julgado.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo aparece em vídeos de slime do YouTube Kids e ensina as crianças a se suicidarem

Geral

Dona de casa evangélica invade igreja católica e quebra quadros e imagens de santos

Geral

Bombeiros quebram vidros de carro estacionado em frente a hidrante para passar mangueira

Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão em caso Maria do Rosário

Geral

© 2019 Cruz de Malta Editores Associados | Novo Dia Notícias: Auditado pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo - ADJORI/SP. Filiado à Associação Nacional de Jornais - ANJ
Atibaia, Cabreúva, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Indaiatuba, Itatiba, Itu, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Salto, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo

Connect