Connect with us

Jundiaí

Festa começou no antigo mercadão central

Em 20 de janeiro de 1934, aconteceu a primeira festa da uva, que recebeu o nome de 1ª Exposição Vitivinícola do Estado de São Paulo. Organizada pelo então prefeito Antenor Soares Gandra, a exposição foi no antigo mercado, na rua Barão de Jundiaí, e no então Grupo Escolar Conde de Parnaíba, além das ruas no entorno. Mais de 100 mil pessoas visitaram a exposição, que ficou apenas um ano nesse lugar.

Em 1938 a festa foi para a antiga Praça Santa Cruz (hoje Praça das Bandeiras). Em 1947 (houve interrupção na sequência por causa da Segunda Guerra Mundial), a comemoração foi na Praça Governador Pedro de Toledo, e em 1953, com a inauguração do Parque Comendador Carbonari, a festa foi definitivamente transferida para o atual local. O parque foi projetado pelo arquiteto Vasco Antonio Venchiarutti, prefeito duas vezes de Jundiaí. Vasco projetou e construiu outras obras que mudaram a cidade, como a avenida Jundiaí, o Bolão e o Viaduto São João Batista.

Os primeiros registros do cultivo de uva em Jundiaí são de 1669. A produção se ampliou a partir do século 19, com a chegada dos imigrantes italianos, que para cá trouxeram a Uva Isabel. Mas foi a variedade Niagara, trazida do estado de Alabama (EUA) que melhor se adaptou às condições de solo e clima jundiaienses. Em 1933 aconteceu uma mutação somática espontânea no Traviú, surgindo a Uva Niagara Rosad (até então havia somente a branca).

Atualmente, há em Jundiaí mais de 1.500 propriedades agrícolas, que representam 52% do território. Dessas, 500 produzem uva em mais de 10 milhões de pés, que representam 30% de toda a uva produzida no Estado de São Paulo.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo aparece em vídeos de slime do YouTube Kids e ensina as crianças a se suicidarem

Geral

Dona de casa evangélica invade igreja católica e quebra quadros e imagens de santos

Geral

Bombeiros quebram vidros de carro estacionado em frente a hidrante para passar mangueira

Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão em caso Maria do Rosário

Geral

© 2019 Cruz de Malta Editores Associados | Novo Dia Notícias: Auditado pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo - ADJORI/SP. Filiado à Associação Nacional de Jornais - ANJ
Atibaia, Cabreúva, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Indaiatuba, Itatiba, Itu, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Salto, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo

Connect