Connect with us

Geral

Helicópteros lançam alimentos para animais sobreviventes de incêndios na Austrália

Está caindo comida do céu na Austrália. Tudo isso porque o Governo do Estado de Nova Gales do Sul decidiu jogar de helicópteros alimentos para que animais sobreviventes do grande incêndio que atinge o país não passem fome.

Resultado de imagem para Austrália helicoptero

Na semana passada, oficiais da Operação Rock Wallaby – nome de uma espécie de canguru afetada pelo incêndio – distribuíram aproximadamente uma tonelada de cenoura e batata doce sobre o habitat de cangurus.

Matt Kean, ministro da Energia e do Meio Ambiente, divulgou em sua conta pessoal no Twitter, no último sábado, fotos registradas durante a operação.

Durante entrevista a rede de TV americana CNN, ele disse que o fornecimento de alimentos suplementares faz parte de uma estratégia do governo para garantir a sobrevivência e a recuperação de espécies ameaçadas de extinção.

A operação inclui o monitorando com câmeras da presença de animais nas áreas afetadas. O ministro garante que a operação vai continuar até os recursos naturais serem regularizados nas áreas afetadas.

Com o incêndio, que atinge o país desde setembro de 2018, os habitats de várias espécies de animais foram destruídos. O número total de animais afetados na Austrália pode chegar a 1 bilhão de indivíduos.

Desde então, 27 pessoas morreram na Austrália e milhares foram obrigadas a sair de casa por causa de incêndios imprevisíveis que queimaram mais de 10,3 milhões de hectares – uma área aproximadamente do tamanho da Coreia do Sul.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo aparece em vídeos de slime do YouTube Kids e ensina as crianças a se suicidarem

Geral

Dona de casa evangélica invade igreja católica e quebra quadros e imagens de santos

Geral

Bombeiros quebram vidros de carro estacionado em frente a hidrante para passar mangueira

Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão em caso Maria do Rosário

Geral

© 2019 Cruz de Malta Editores Associados | Novo Dia Notícias: Auditado pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo - ADJORI/SP. Filiado à Associação Nacional de Jornais - ANJ
Atibaia, Cabreúva, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Indaiatuba, Itatiba, Itu, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Salto, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo

Connect