Connect with us
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({ google_ad_client: "ca-pub-2913080483495928", enable_page_level_ads: true });

Rodrigo Malagoli

Mais de 200 mil motoristas já podem usar a CNH Digital

A Carteira Nacional de Habilitação Digital chega ao Distrito Federal por meio de aplicativo para celular.

Em um futuro próximo não precisaremos mais andar com carteira. Os pagamentos já podem ser feitos por celular e cada vez mais a tecnologia começa a utilizar meios para digitalizar documentos. Em alguns países isso já está bastante difundido, mas ainda há esperanças para o Brasil.

Neste mês o Denatran saiu na frente de todos os órgãos de trânsito do mundo e criou uma versão digital da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que em breve será utilizada por todos os motoristas do Brasil. Por hora, a fase de testes, que começou no Estado de Goiás, já chega ao Distrito Federal, onde mais de 200 mil pessoas habilitadas a dirigir podem dispensar a versão em papel e sair só com o celular em mãos, que tem o mesmo valor jurídico.

Esse número de condutores que já está propensos a utilização deste novo serviço são para os que já possuem a nova CNH, que tem um QR Code impresso na sua parte interna. Somente com essa versão o usuário tem direito a este benefício. Aos que ainda estão com a versão antiga da carteira pode pedir uma segunda via do documeno pelo site do Detran do seu Estado ou presencialmente nos postos de atendimento, como o Poupatempo, pelo custo de R$ 95,00

Quem já tem a nova carteira precisa realizar um cadastro no Portal de Serviços do Denatran e ir até a agência do Detran onde foi emitira a CNH para confirmação dos dados (existem Estados que possuem taxas) ou fazer isso por meio de um certificado digital, que é pago. Em seguida precisa acessar o aplicativo com sua conta, fornecer o código de ativação enviado pelo Denatran e criar uma senha para acesso. O processo não é tão simples, mas a burocracia do país não permite facilitar as coisas, mesmo no meio digital.

Por segurança os dados da CNH Digital ficam atrelados somente a um aparelho, portanto se você o perder ou trocar de celular é o mesmo que ficar na mão. Terá que bloquear ou solicitar a transferência dos dados ao novo dispositivo: mais burocracia.

O aplicativo está disponível para Android e para iOS e pode ser baixado gratuitamente. O que achou da novidade?

Por Rodrigo Malagoli

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo aparece em vídeos de slime do YouTube Kids e ensina as crianças a se suicidarem

Geral

Dona de casa evangélica invade igreja católica e quebra quadros e imagens de santos

Geral

Bombeiros quebram vidros de carro estacionado em frente a hidrante para passar mangueira

Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão em caso Maria do Rosário

Geral

© 2019 Cruz de Malta Editores Associados | Novo Dia Notícias: Auditado pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo - ADJORI/SP. Filiado à Associação Nacional de Jornais - ANJ
Atibaia, Cabreúva, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Indaiatuba, Itatiba, Itu, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Salto, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo

Connect