Siga nos
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({ google_ad_client: "ca-pub-2913080483495928", enable_page_level_ads: true });

Jundiaí

Três anos após crime, acusado de matar a namorada vai à júri em Jundiaí

Acusado de matar a namorada no dia 28 de setembro de 2015, em São José dos Campos, Tiago Mendes Godoy vai a Júri nesta quinta-feira (14), em Jundiaí.

A manicure, Cláudia da Costa Cabral, de 37 anos, foi morta com um tiro na cabeça. No dia da prisão o rapaz contou que tinha encontrado o revólver em um ônibus. No caminho até Jundiaí, o suspeito, que mantinha uma relação amorosa há quase dois anos com a vítima teria negado aos policiais e afirmou que Cláudia cometeu suicídio.

No entanto, a Polícia Civil informou que tinha provas que levam à autoria do disparo como sendo dele. O réu já tem passagem pela polícia por violência contra a mulher por conta de uma relação passada.

A investigação chegou a Tiago ao ouvir vizinhos do apartamento que ele morava e onde ocorreu o crime, no bairro Engordadouro. De acordo com o delegado pelo caso, Luiz Carlos Duarte, na ocasião, o réu foi encontrado dormindo ao lado da arma do crime.

Clique para comentár

Nos escreva

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo aparece em vídeos de slime do YouTube Kids e ensina as crianças a se suicidarem

Geral

Bombeiros quebram vidros de carro estacionado em frente a hidrante para passar mangueira

Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão em caso Maria do Rosário

Geral

iFood começa a testar entrega de refeições com drones

Geral

© 2019 Cruz de Malta Editores Associados | Novo Dia Notícias: Auditado pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo - ADJORI/SP. Filiado à Associação Nacional de Jornais - ANJ
Atibaia, Cabreúva, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Indaiatuba, Itatiba, Itu, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Salto, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo

Conectar