Connect with us
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({ google_ad_client: "ca-pub-2913080483495928", enable_page_level_ads: true });

Cabreúva

Justiça determina que 70% das auxiliares em greve voltem ao trabalho em Cabreúva

A Justiça determinou que 70% das auxiliares de educação de Cabreúva que estão de greve há cinco dias, retornem ao trabalho imediatamente, segundo a prefeitura. A decisão foi expedida na ultima terça-feira (10).

De acordo com o sindicato da categoria, os funcionários pedem aumento de salário, melhores condições de trabalho, cursos de especialização para atender crianças que necessitam de tratamento diferenciado. Na segunda-feira (9), as auxiliares fizeram uma manifestação do Centro da cidade.

Na decisão, o juiz designou uma audiência de conciliação para a próxima sexta-feira (13). O juiz citou ainda que a prestação de serviços públicos essenciais não pode sofrer interrupção, sob pena de danos irreparáveis à população.

O vice-presidente do TJ designou uma multa diária de R$ 5 mil caso a decisão não seja cumprida.

Além disso, a Prefeitura de Cabreúva ressaltou na ação que a cidade não tem recursos para atender ao aumento de salário solicitado pelos funcionários e que isso pode causar desequilíbrio financeiro nas contas públicas.

De acordo com o sindicato, a categoria acatou a decisão e na tarde desta terça-feira, 70% das auxiliares voltaram ao trabalho.

O sindicato informou que a greve continua com 30% das auxiliares de educação até sexta-feira (13), quando está marcada a audiência de conciliação, em que vão tentar chegar a um acordo para tentar acabar com a greve.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo aparece em vídeos de slime do YouTube Kids e ensina as crianças a se suicidarem

Geral

Dona de casa evangélica invade igreja católica e quebra quadros e imagens de santos

Geral

Bombeiros quebram vidros de carro estacionado em frente a hidrante para passar mangueira

Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão em caso Maria do Rosário

Geral

© 2019 Cruz de Malta Editores Associados | Novo Dia Notícias: Auditado pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo - ADJORI/SP. Filiado à Associação Nacional de Jornais - ANJ
Atibaia, Cabreúva, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Indaiatuba, Itatiba, Itu, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Salto, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo

Connect