Connect with us
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({ google_ad_client: "ca-pub-2913080483495928", enable_page_level_ads: true });

Geral

VIROU MODA! Após sofrer bullying, menino tem sua versão de camiseta adotada por universidade nos EUA

De mais uma vítima do bullying a tendência de moda. Foi o que aconteceu com um aluno do ensino fundamental de uma escola na Flórida ao criar sozinho sua própria versão da camiseta laranja para uma atividade da universidade do Tennessee, do qual confessa ser fã.

A versão improvisada, com um papel com as iniciais escritas a caneta e preso por alfinetes, o transformou inicialmente em alvo de piadas, mas também gerou uma campanha de solidariedade que chegou à própria Universidade.

A decepção do garoto – que não teve seus nome e idade divulgados – depois que colegas riram de sua roupa comoveu uma de suas professoras, Laura Snyder, que decidiu comprar uma camiseta oficial da U.T. para ele.

Mas, antes, ela usou seu perfil no Facebook para perguntar se algum de seus amigos tinha conhecidos na Universidade do Tennessee, para que de alguma forma pudesse tornar o presente mais elaborado.

O que Snyder não podia imaginar era a repercussão que o post teria. Ao saber da história, representantes da U.T. avisaram que enviariam uma caixa com presentes oficiais para o aluno e seus colegas.

E, ainda mais: inspirados no desenho do menino, criaram uma nova camiseta vendida no site da universidade, com o “logo” que a criança desenhou, revertendo parte dos lucros para uma iniciativa antibullying.

O sucesso foi imediato e imenso: no sábado (7), o site da loja da universidade simplesmente saiu do ar, sobrecarregado com o grande número de pessoas que queriam comprar a peça.

Um dia antes, na sexta-feira, Snyder postou fotos dos presentes que chegaram à escola, e contou que o menino mal podia conter a alegria ao vestir sua camiseta e seu boné e distribuir aos amigos copos, toalhas e outros brindes que recebeu.

Ela também publicou uma foto de uma carta escrita pela mãe da criança, na qual esta agradece a iniciativa da professora, a resposta da universidade e a onda de solidariedade. “Posso dizer que passei muito tempo lendo todas as palavras bondosas em apoio ao meu filho e estou comovida além do que posso dizer… cada comentário, cada item enviado e ação tomada em relação ao meu filho jamais serão esquecidos, e tenho esperança de que servirão de inspiração para ele ao longo de sua vida”, escreveu.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo aparece em vídeos de slime do YouTube Kids e ensina as crianças a se suicidarem

Geral

Dona de casa evangélica invade igreja católica e quebra quadros e imagens de santos

Geral

Bombeiros quebram vidros de carro estacionado em frente a hidrante para passar mangueira

Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão em caso Maria do Rosário

Geral

© 2019 Cruz de Malta Editores Associados | Novo Dia Notícias: Auditado pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo - ADJORI/SP. Filiado à Associação Nacional de Jornais - ANJ
Atibaia, Cabreúva, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Indaiatuba, Itatiba, Itu, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Salto, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo

Connect