Connect with us

Jundiaí

Para comemorar o 364º aniversário de Jundiaí, veja 10 curiosidades sobre a cidade

A tão amada Terra da Uva completa neste sábado (14) seu 364º aniversário. Destaque no desenvolvimento das áreas cultural educacional, tecnológica e ambiental, Jundiaí possui hoje mais de 418 mil habitantes e, 75% deles, são descendentes de imigrantes italianos, constituindo uma das maiores colônias em todo o Brasil.

Para comemorar o aniversário, separamos algumas curiosidades e acontecimentos históricos sobre a tão amada e acolhedora Jundiaí. Confira:

  1. Seu nome é uma referência ao Rio Jundiaí, cujo nome vem da língua tupi e significa “Rio dos Jundiás”, um peixe então característico da região;
  2. Jundiaí é vizinha de 11 municípios: Várzea Paulista, Campo Limpo Paulista, Franco da Rocha, Cajamar, Pirapora do Bom Jesus, Cabreúva, Itupeva, Louveira, Vinhedo, Itatiba e Jarinú;
  3. 14 de dezembro é nome de uma rua, data de aniversário da cidade e de um fato importante: em 1655, neste dia, o local foi elevado a categoria de Vila;
  4. No século 18, as ruas do centro tinham nomes diferentes dos quais são hoje. Rua Direita (atualmente Barão de Jundiaí), Rua do Meio (Rua do Rosário), Rua Nova (Senador Fonseca) e Rua Boa Vista (Zacarias de Góes);
  5. O abastecimento de água foi implantado em 1881. A energia elétrica chegou em 1905 e o telefone em 1916;
  6. O processo de despoluição do Rio Jundiaí foi iniciado em 1983;
  7. Jundiaí possui cidades-irmãs, sendo elas Havana (Cuba), Pádua (Itália), Trenton (EUA) e as brasileiras Santo André e Poços de Caldas. Cidades irmãs são laços de vários níveis, como no aspecto cultural e econômico;
  8. A Padroeira da cidade é Nossa Senhora do Desterro, e seu dia é comemorado em 15 de agosto, sendo feriado municipal desde 1949. O aniversário do município é comemorado em 14 de dezembro, data que celebra sua elevação a Vila;
  9. A Ponte Torta tem a forma de arco e também era conhecido como “Ponte Redonda”, “Ponte do Arco” e “Ponte dos Bondes”.A construção servia para a passagem das pequenas locomotivas Decauville, responsáveis pelo transporte de carretas com minérios para a fabricação de cerâmicas. A ponte foi construída entre 1888 e 1889 pelo pedreiro italiano Paschoal Scollato e o engenheiro responsável, Willian Harr;
  10. A paisagem mais marcante da cidade é a Serra do Japi, uma das grandes áreas de Mata Atlântica nativa contínua no estado de São Paulo, denominada como “Castelo de Águas” por muitos naturalistas devido a sua riqueza hídrica. Tombada em 1983 pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico e, posteriormente, regulamentada como reserva biológica, a Serra do Japi foi declarada em 1992 pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura como reserva da biosfera da mata atlântica.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Momo aparece em vídeos de slime do YouTube Kids e ensina as crianças a se suicidarem

Geral

Dona de casa evangélica invade igreja católica e quebra quadros e imagens de santos

Geral

Bombeiros quebram vidros de carro estacionado em frente a hidrante para passar mangueira

Geral

Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão em caso Maria do Rosário

Geral

© 2019 Cruz de Malta Editores Associados | Novo Dia Notícias: Auditado pela Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo - ADJORI/SP. Filiado à Associação Nacional de Jornais - ANJ
Atibaia, Cabreúva, Caieiras, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Indaiatuba, Itatiba, Itu, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Salto, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo

Connect